INÍCIO OBJETIVO SELEÇÃO E MANEJO

 

Temos um vínculo muito forte no campo, sendo o cavalo nossa principal ferramenta de trabalho. Nossos ancestrais, antes mesmo de ser fundada a ABCCC, já faziam uma seleção de seus animais de montaria baseado objetivamente em cavalos resistentes, mansos, de boas andaduras, com bom encilhar e ligeiros a campo fora.

Meu bisavô, Mário Olivé Suñé, começa a registrar seus cavalos em 1942 com o afixo Peñarol, comprado da família Furest, do Uruguai, seu primeiro pai de Cabanha, Talero El Aguila. Em 1953 Mário Magalhães Suñé, meu avô, recebeu parte desta manada, ficando com as éguas Mouras, Rosilhas e Lobunas, dando início à Cabanha Santa Leontina, afixo Aceguá. Nesta ocasião adquiriu como pai de Cabanha Altaneiro do Cinco Salsos.

Na década de 60 a manada é doada ao meu pai, Carlos Mário Antunes Suñé. Buscando a incorporação de novos sangues foi feita uma importação de cinco éguas argentinas da Cabanha San Justo e o padrillo Chileno Sepulturas.

Nesta importação veio também a égua Tipitapa de San Justo, que me foi regalada pelo tio avô, Fernando Magalhães Suñé, minha primeira égua Crioula, sendo esta acrescentada na manada da estância. No decorrer dos anos outras éguas foram-me presenteadas formando-se então uma parceria na manada da Santa Leontina.

Em 1965 foi comprado Marujo do Cinco Salsos (cavalo da preferência do sempre lembrado Felipe Martins). No cruzamento deste com as éguas argentinas descenderam vários bons produtos, destacando Naipe do Aceguá, pai consagrado e carro chefe de nossa manada, Registro de Mérito na ABCCC e com vários filhos semifinalistas e finalistas no Freio de Ouro. Em 1982, na sua primeira edição, concorremos com duas de suas filhas, éguas da nossa montaria: Rapadura e Sota do Aceguá.

Nos anos subsequentes seguimos participando, pois sempre fomos adeptos e apaixonados pelas provas funcionais. Em 1986 concorremos ao Freio de Ouro com outro importante reprodutor, Don Dirceu do Aceguá, filho de Itaí Tupambaé, ganhador do primeiro Freio.

Nossa manada sempre foi selecionada de acordo com a performance das éguas nas tropilhas de serviço, somente incorporando na cria éguas comprovadas de montaria e com origem reconhecida.

Em 1990 fez-se uma divisão na manada da Santa Leontina, onde 25% desta coube a CABANHA CAMPANA.

www.cabanhacampana.com.br